primeiro contato com o monovolume de luxo elétrico

Os elétricos ganham cada vez mais relevância e nem os furgões estão a ser exceção. As Mercedes EQV e eVito foram as primeiras apostas da marca da estrela.

As Mercedes EQV e eVito são as versões eletrificadas de luxo e comerciais dos populares furgões Mercedes Classe V e Vito. Apesar de algumas semelhanças, os dois modelos apresentam propostas bem diferentes.

A Sociedade Comercial C. Santos organizou, para alguns jornalistas, um primeiro contato com os novos furgões elétricos da Mercedes, apresentados ao mundo em Novembro de 2020.

Em termos práticos, a Mercedes EQV é a bandeira da marca no segmento de transporte de luxo de passageiros. A eVito é a versão mais prática do furgão elétrico, vocacionada ao transporte de passageiros no âmbito profissional.

Mercedes EQV e eVito: Luxo e espaço eletrizantes

Ambas partilham o mesmo coração e o mesmo ADN: um motor elétrico de 150kW (204cv) associado a uma bateria de 90kWh que permite até 358km de autonomia e um conforto ímpar na sua classe, característico de outro qualquer automóvel da casa de Estugarda.

Se a Mercedes EQV transporta 8 passageiros na maior das comodidades, a eVito poderá ter capacidade para transportar 9 pessoas. Embora com menor espaço disponível para a habitabilidade de cada passageiro, o conforto mantém-se inalterado fruto de afinamento de suspensão bastante suave nas duas versões.

Mas as diferenças no interior vão um pouco mais além do que a capacidade de passageiros. Isto reflete-se, também, no preço.

Precisamente por ter um enquadramento mais “premium”, a EQV inclui o assistente virtual MBUX (Mercedes-Benz User Experience) e o menu EQ (exclusivo dos elétricos Mercedes-Benz, tal como existe no Mercedes EQC).

No entanto, isto não significa que não haja tecnologia na eVito Tourer. Como verificamos, existe aquecimento do banco do condutor e vários sistemas de assistência e de segurança, como o Active Brake Assist, Attention Assist, Luzes de Circulação Automáticas ou o Cruise Control.

O EQV, porém, além do já referido MBUX, adiciona-lhe outros “mimos” de topo de gama:

  • Ar condicionado independente na traseira;
  • Assistente de estacionamento com câmara traseira;
  • Assistente de faixa de rodagem.

Ao volante

Interior Mercedes EQV

O primeiro contacto com as Mercedes EQV e eVito deu direito a uma breve experiência de condução no interior das instalações da Sociedade Comercial C.Santos. Este foi um percurso planeado pelos responsáveis da concessionária. Assim, foi possível testar a aceleração, capacidade de manobra e a suavidade da suspensão destes automóveis.

As primeiras sensações parecem demonstrar que, apesar de parecem números modestos, os 362Nm de binário e os 204cv de potência são suficientes para justificar a presença da estrela da Mercedes sob o capot.

A velocidade máxima está limitada a 140km/h (ou 160km/h, a título opcional), a fim de beneficiar a saúde e vida útil da bateria (e poupar os condutores a multas pesadas).

Já a suspensão é surpreendentemente suave para um automóvel elétrico. Estes são carros conhecidos pela sua taragem mais firme para controlar o adornar de carroçaria. Para alguém que viaje nos bancos traseiros, não sentirá grandes diferenças entre fazer uma viagem na Mercedes EQV ou um Classe S tal o conforto e espaço disponíveis.

O ponto menos positivo é a manoberabilidade. Em termos de bracagem, não é o que estamos habituados a um típico Mercedes e a condução entre vias mais estreitas requer alguma habituação e planeamento de manobras.

Carregamento

Quanto ao carregamento, este é realizado através da tomada de carregamento CCS. Com uma wallbox ou num posto de carregamento público (carregamento em corrente alternada, potência máxima de 11 kW), o tempo de carregamento é inferior a 10 horas para carregar a 100%.

A tomada também permite carregar a eVito Tourer e a EQV com corrente contínua (CC), pelo que o carregamento de 110 kW (disponível de série no EQV e em opção na eVito Tourer, sendo que os postos rápidos da rede pública portuguesa Mobi.e são, para já, de 50 kW), permite carregar a bateria de 10% até 80% em aproximadamente 45 minutos.

Num carregamento de 50 kW (a variante que é oferecida de série na eVito Tourer e que é a potência dos carregadores rápidos da Mobi.e), leva a carga da bateria de 10% até 80% em 1h20m.

Mercedes EQV a carregar

Preços

Quanto a preços, os valores de tabela, sem extras adicionais aos de série (e com IVA incluído) são os seguintes:

• EQV 300 Standard – 78.608,50€
• EQV 300 Longo – 79.592,50€

• eVito Tourer Standard – 72.089,50€
• eVito Tourer Longo – 73.688,50€

Aviso Legal

O Ekonomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O Ekonomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].

E-konomista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *